sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Resumo com as principais reclamações e artigos que fiz nesse blog


Caros...tantas foram as críticas e reflexões que tenho feito no meu blogzine desde 2010 (http://conscienciasesociedades.blogspot.com.br/), que resolvi resumir os links das principais aqui para quem se interessar:

-Sobre a desonestidade de pgto de taxa de folha de carnê de IPTU de SV:
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013
 Inexpugnabilidade intransponível?

(Ou: Agora, retorno ao problema da cobrança da taxa de expediente do boleto do IPTU de S. Vicente-SP.)

-Sobre a questão de o Contram permitir ônibus fabricados até 1999 de circularem em viagens sem cinto de segurança:
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013
 Ainda a questão do cinto de segurança nos ônibus de viagem

-Sobre a inexistência de energia elétrica a cidades do Pará no Brasil atual:

Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2013
Luz, água, futebol de todos...ou de tolos?

-Sobre a dificuldade de se achar recarga de menor valor nas revendas da TIM:
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2013
Venda de recargas TIM de menor valor quase inexiste nas revendas

-Sobre a falta de aviso ao passageiro por parte das empresas de ônibus acerca da não obrigatoriedade de se pagar seguro facultativo:
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2013
Seguro facultativo e obrigatório nas passagens de ônibus de viagem

-Sobre a diminuição do peso de produtos alimentícios e manutenção de valor igual e/ou maior:
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012
Maquiagem ilusória ou estratégia desonesta?

-Sobre a sujeira que as eleições causam nas cidades e sobre o voto nulo:
Domingo, 7 de Outubro de 2012
Moro na Cidade-Lixo

Sexta-feira, 31 de Agosto de 2012

Ó criança...deixe para trás toda sua esperança! (e molhe minhas mãos com o dindin, disse o papai governo a seu domesticado súdito)

Voto nulo? Embranqueço minha mente se não penso nisso!

-Sobre a retirada da cartilha em quadrinhos que explica a questão dos orgânicos e transgênicos, por pressão das multinacionais:
Sexta-feira, 17 de Junho de 2011
O governo obedece às multinacionais? Cartilha em HQ de orgânicos retirada no site oficial a mando da Monsanto!


-Sobre a falta de educação do cidadão brasileiro nos cinemas (e seu desconhecimento cultural); sobre a ditadura do salário dos políticos:

Sexta-feira, 27 de Maio de 2011
Thor – tura!

Ditadura dissimulada

Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010
O mau exemplo como meme negativo: da polis à (des)educação

-Ainda sobre a ditadura do salário dos políticos e descaso de atendimento por parte da Telefonica:
Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010
Aumento de salaFRÁrios

Descaso no atendimento da Telefônica

-Sobre a diferença dos valores de produtos colocados nas gôndolas dos supermercados e os valores maiores cobrados no caixa ao passarem os produtos:
Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010
Preços de produtos em promoção de Supermercados não são aplicados ao pagar nos caixas

6 comentários:

  1. Comprei 1 guarda roupa em uma determinada loja da cor do que estava expoxto me mandaram outra cor , reclamei na loja e m e disseram que não tinha mais e não iriam trabalhar com a cor então solicitei o cancelamento da compra no cartão e vueram dizer que encontraram em uma cidade próxima. .Aguardei fazerem a retirada do primeiro aguardei a chegada do outro e quando chega me chega o mesmo errado já faz 1 mês que minha casa está em um transtorno por falta do guarda roupa .O QUE EU FAÇO? O QUE TENHO DIREITO A FAZER COM ESRA EMPRESA IRRESPONSAVEL!

    ResponderEliminar
  2. Comprei 1 guarda roupa em uma determinada loja da cor do que estava expoxto me mandaram outra cor , reclamei na loja e m e disseram que não tinha mais e não iriam trabalhar com a cor então solicitei o cancelamento da compra no cartão e vueram dizer que encontraram em uma cidade próxima. .Aguardei fazerem a retirada do primeiro aguardei a chegada do outro e quando chega me chega o mesmo errado já faz 1 mês que minha casa está em um transtorno por falta do guarda roupa .O QUE EU FAÇO? O QUE TENHO DIREITO A FAZER COM ESRA EMPRESA IRRESPONSAVEL!

    ResponderEliminar
  3. Como a entrega não foi correta, e a loja manteve o erro, você deve se dirigir ao Procon de sua cidade, o mais rápido possível, que ele mediará uma resolução, a qual seja: entrega do produto correto ou devolução do valor pago. Se não houver Procon, ao Juizado de pequenas causas no fórum da sua cidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porém, aconselho-a a ir mais uma vez à loja exigior a devolução do valor pago e a retirada do armário. caso se neguem, vá ao Procon com a Nota Fiscal e registre a reclamação. Enquanto isso, pode postar também no site Reclameaqui!

      Eliminar
  4. Olá, meu nome é Gabriela. Hoje fui a uma loja muito famosa por sinal... meu interesse era comprar uma escova rotatória para presentear o meu amigo secreto. Ao chegar na loja, fui direto em direção ao que me interessava. A moça quando foi olhar no sistema, me diz que estão sem o tal produto que eu queria comprar no estoque. Então disse a ela q não me importaria ao levar o da amostra. Ela disse q não me poderia vender. Mas eu não me importava, se aquele produto estava ali, eu tinha o direito de comprar, afinal ele estava a minha vista.... foi correto o que ela fez?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Busquei pesquisar essa questão, e encontrei algumas respostas que podem asseverar que é obrigatoriedade da loja em te vender, mesmo sendo a última peça, já que exposta á venda. Veja aqui: http://www.cdlbh.com.br/portal/2343/Noticias_CDL_BH/ que claramente expõe como abusiva a negação de venda (dentro da "Lei 8.137/90 dispõe que sonegar insumos ou bens, recusando-se a vendê-los a quem pretenda comprá-los nas condições publicamente ofertadas constitui crime contra as relações de consumo (artigo 7º, inciso VI), ao passo que a Lei 1.521/51 institui como crime ...) " e ainda lembro que existe no CDC o inciso IX do Art. 39 declarando igualmente como abusivas as recusas de cumprimento de venda direta (http://www.jurisway.org.br/v2/cursoonline.asp?id_curso=904&pagina=28). Portanto, você pode voltar à loja de posse desses dados, e se reincidirem na recusa, avise-os que irá ao Procon (tire fotos do item e da loja) e faça a reclamação no órgão de defesa. Espero ter ajudado.

      Eliminar